Aprendi A Querer os Meus Braços Redondos E A Amar o Meu ‘barriga’

Eu amaria de fazer uma pequena exibição para os que não me conhecem. Minha irmã Alice, trabalhava como paradigma e em uma das ocasiões em que viajou a Madri para trabalhar, a acompanhei à sua agência de modelos. Seus agentes se interessaram por mim e falaram com meus pais pra que me deixassem fazer umas imagens.

Em vista disso, aos dezesseis anos fui contratado numa das agências mais relevantes do Japão. Aí eu início a minha carreira profissional. Durante muitos anos andei sempre com a mala às costas, de um lado pra outro, viajando para Paris, Londres, Milão e Alemanha.

E cheguei aos Estados unidos, onde de fato estava o meu mercado. Meu serviço sempre foi focado em campanhas de publicidade, editoriais, catálogos e anúncios de televisão. Havia épocas em que me era impensável conservar o peso e as medidas que me exigiam e no conclusão sempre acabava engordando.

  • Se os seus urnas ou túmulos foram pateadas ou destruídas
  • um de fevereiro: localiza-se o gene que ativa o cérebro, o começo da puberdade
  • Eddie Mercil: instrumento de palco
  • tira uma imagem pelo menos a cada 10 segundos até ter quinze imagens

Muitas dietas e sessões de ginásio pra combater contra o meu constituição e minha natureza.Tudo para alcançar me ajustar ao cânone de lindeza que impõe, o mundo da moda. Uma coisa que, por insuficiente me custa a vida. Optei por não permanecer louca nem sequer obsesionarme com cada caloria. Neste momento não me mato, ou me interesse em ser o que não sou, eu sou uma criança com curvas e isso é o que há. Nesta ocasião eu me gosto e me aceito a mim mesma, me dando conta de que a curva é esbelta. A partir daqui, pretendo explicar-vos a tod@s um pouquinho de mim. Comprovar a vocês as coisas que adoro e que me fazem sentir bem. As que eu não amo e que me tiram do cardo.

eu Almejo comentar de minhas experiências, ceder-vos as minhas melhores informações, explicar-vos os meus truques de maquiagem e a escoltar as tendências com alguns quilos a mais. Precisamos tomar da cabeça isto de “como eu tenho que perder alguns quilos, melhor não obter nada”.

Pretendo contagiaros vontade de arreglaros até pra encaminhar-se pro pão e de que vos sintáis bonitas. Doar-vos as receitas dos meus pratos preferidos, em razão de se qualquer coisa tenho é claro que o gordinho que tenho dentro cuida da tua alimentação, você Apaixonada pelos livros de auto-socorro e de frases positivas, que me inspiram e animam-me no cotidiano, eu sou uma amadora da moda.